Diretora de escola denuncia que aluna de 13 anos estava sendo estuprada em casa

Foto: Reprodução

A direção de uma escola do bairro Jardim Imperial, em Várzea Grande, acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar após desconfiar de que uma aluna de 13 anos estava sendo vítima de estupro dentro de casa. O autor do crime, um homem de 56 anos, seria o marido de sua avó. O suspeito foi preso em flagrante.

De acordo com as informações, a denúncia foi feita nesta segunda-feira (13) após uma professora perceber um comportamento estranho da aluna. Após ser acionada a PM, conversou com professores e diretora.

Segundo a diretora da escola disse à polícia, durante a realização das atividades na escola, a aluna estava estranha, nervosa e até chorava. Deu sinais de ansiedade e depressão.

Quando chamada para conversar, confessou que estava sendo vítima de crime sexual dentro de casa.

Segundo a menina, o homem tentou forçar a penetração, o que não aconteceu. Mas, teve o corpo tocado, violado e ainda é ameaçada caso contasse algo a alguém.

A guarnição se deslocou até a casa da vítima, deu voz de prisão ao suspeito, que foi algemado e encaminhado a Central de Flagrantes. O Conselho Tutelar também esteve no local e acompanhou o caso. 

Fonte: Folha Max

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*