“A gente vai prender Bolsonaro”, diz vice-presidente da CPI

Randolfe Rodrigues sendo abordado por um apoiador de Bolsonaro | Reprodução

A declaração do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) ocorreu numa discussão com um apoiador do presidente. Ele chamou ainda Bolsonaro de “genocida” e o responsabilizou pelas 500 mil mortes por Covid-19 no Brasil.

Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI da Covid, garantiu que a Comissão irá prender o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O senador fez a declaração após ser surpreendido por um apoiador do presidente questioná-lo sobre o motivo da “CPI da palhaçada em Brasília”.

Rodrigues que havia acabado de receber a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus quando foi abordado pelo homem, que usava uma máscara com o rosto do presidente e filmava a situação. O senador respondeu:

“A gente vai prender Jair Bolsonaro,” e se referiu ao presidente como “genocida”, além de o responsabiliza-lo pelas 500 mil mortes por Covid-19 no Brasil. Em seguida, o bolsonarista respondeu:

“Não vai prender nunca. Sabe por quê? Deus está com ele. Em vez de vocês estarem perseguindo Bolsonaro, vocês deveriam estar cuidando do país, que está doente,” disse o apoiador. Randolfe rebateu: “Graças a Bolsonaro”.

Com informações rollingstone.uol

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*